Lição 2# de 3 | Especial China 🇨🇳
Se for copiar, seja o melhor nisso…

De Ricardo Geromel, Sócio da StartSe

Direto de Xangai, China

Bebês Gêmeos

Os chineses geralmente são conhecidos por copiar seus concorrentes.

E por muitos anos isso foi visto com maus olhos por empresas ocidentais.

E isso está sendo o maior erro das empresas que não estão de olho no modo chinês de fazer negócios.

As empresas e gestores chineses entendem que copiar é um processo de aprendizado.

E usam isso para criar produtos melhores para seus próprios mercados.

Afinal, como eles criariam uma empresa de smartphones para competir com Apple e Samsung se eles não as copiassem e entendessem como suas concorrentes funcionam?

O processo é simples:

Eles copiam produtos de sucesso… veem a aceitação do público e com base nisso criam soluções melhores para atendê-los.

Por isso a Xiaomi tem aparelhos parecidos com as duas gigantes de telefonia, porém um preço muito mais baixo, uma bateria melhor, e processamento igual ou melhor que as concorrentes top de linha.

Isso está fazendo ela ganhar da Samsung e da Apple em vários mercados.

Além disso, a outra fabricante de smartphones Huawei, com base na mesma premissa de copiar para aprender e melhorar, é hoje a segunda maior fabricante do mundo em celulares.

Superando a Apple e perdendo apenas para a Samsung.

Essas duas empresas são fáceis de exemplificar o motivo pelo qual seu sucesso rompeu as trincheiras da China para o mundo todo.

Mas a lição que eu quero que você guarde aqui é a seguinte:

A China sabe muito bem que existem empresas gigantescas no mercado. E que esse mesmo mercado muda o tempo todo.

Então eles ficam de olho no que os vizinhos ocidentais estão fazendo (para elas não se tornarem obsoletas) e no que têm dado muito certo por lá.

Minha sogra é pintora. Ao explicar para ela esse conceito de copiar direito, ela me relatou que vários dos maiores artistas da história da humanidade começam a aprender a pintar literalmente copiando obras-primas de grandes mestres ou melhor tentando copiar. E você? Quando foi a última vez que copiou um líder do seu setor?

Qualquer mercado emergente como a China e o Brasil podem utilizar essa estratégia para criar e testar produtos que dão certo em outros países.

Melhorá-los e adaptá-los ao gosto de seu público local.

Tornando-os ainda melhor e ganhando espaço das grandes empresas.

É uma estratégia muito inteligente, que poucas empresas fazem ainda porque não querem ser vistas como “copiadoras” de alguém.

Por isso: se for copiar, faça direito.

Isso quer dizer copiar os pontos fortes e melhorar os pontos fracos da sua concorrente.

Só assim você conseguirá tomar a frente dela enquanto ela não te vê como uma ameaça…

A Apple já foi passada pela China (em unidades fabricadas, não em valor de mercado)… e é questão de tempo para a sul-coreana Samsung ser a próxima.

Continue comigo que nos próximos dias você receberá sua terceira e mais importante lição que as empresas estão começando a aprender com a China.

E você?

Adotaria a estratégia de “copiar para melhorar” dos chineses?

A sua concorrência já faz isso?

Comente abaixo e nos ajude a entender a sua opinião sobre esse assunto!