Lição #3 de 3 | Especial China 🇨🇳
Só faça parcerias que gerem negócios depois…

De Ricardo Geromel, Sócio da StartSe

Direto de Xangai, China

Essa é a terceira e última lição da série 3 Lições que Todas as Empresas estão Aprendendo com a China.

Chinesa

Preste atenção: esta é a lição mais difícil de ser aplicada

Por ser algo de médio a longo prazo.

Mas também é uma das mais importantes – senão A mais importante.

Só faça parcerias que gerem negócios depois.

E por que isso?

As empresas chinesas têm objetivos muito claros quando elas nascem. Principalmente agora com tantas delas ganhando o mundo.

Elas não querem mais ser líderes em seus mercados locais.

Elas já nascem com a ambição de serem líderes no mundo inteiro, em diversos mercados de uma vez só.

Não se trata de uma ambição que é gerada ao longo da vida da empresa, ela já nasce com ela, é sua razão de existir.

Todo planejamento, parceria e desenvolvimento tecnológico tem o único objetivo de tornar essa realidade cada vez mais palpável.

Se você é um empresário ou empreendedor querendo fazer negócios na China, aqui vai uma dica para você que poderá valer ouro:

Chineses fazem parcerias com empresas grandes, isso ajuda a diminuir o preço para você.

Não estou dizendo para você mentir…

Mas sim para ter em mente que, como uma nação disposta a dominar e crescer cada vez mais em outros mercados, os chineses não gostam de fazer parcerias com empresas “pequenas”, “comuns”… elas querem realmente os grandes players para ter cada vez mais relevância no mercado novo que irão atuar.

Então se você quer fazer parcerias grandes e importantes: mostre-se grande e importante para o seu futuro parceiro de negócio.

Algumas lições práticas:

#1 Faça sua empresa parecer grande em apresentações, isso vai ajudar a chamar atenção dos empresários chineses e poderá negociar soluções a um preço melhor pro seu negócio. Não minta! Mas, mostre grandeza! Em outros locais isso pode parecer arrogante, mas na China é essencial.

#2 Dizem que chineses são implacáveis em negociações. Se sua empresa parecer grande, você conseguirá pressionar o chinês a fazer bons preços ou parcerias… inclusive conseguirá saber os limites dele.

#3 Ao visitar uma empresa chinesa, peça para falar logo com o dono ou gerente de vendas. Do contrário você passará muito tempo falando com pessoas que não poderão te ajudar de fato… Se você não se mostrar extremamente interessado em fazer negócio e membro de uma empresa grande e importante… será levado “em banho maria” até alguém notar sua importância. E você poderá ter perdido um dia inteiro com uma conversa que poderia ter durado apenas 1 hora ou menos.

E por fim…

#4 Não espere exclusividade, afinal eles também querem fazer parcerias que gerem negócios depois. Então não há 100% de confiança e exclusividade nesse mercado.

Essas lições práticas servem para você entender um pouco como o empresário chinês faz negócios.

E também para você como empreendedor ou executivo saber como posicionar seu negócio caso queira ter um crescimento de mercado tão exponencial quanto o chinês.

 

Por que as empresas brasileiras devem mirar na China para fazer negócios?

 

Segue um motivo simples para você olhar mais para empresas chinesas do que para as americanas…

Nunca tivemos em uma relação tão boa com os chineses quanto agora… e isso pode fazer uma diferença danada para a sua empresa nos próximos anos.

O Brasil tem a China como maior parceira comercial há alguns anos, desbancando décadas de liderança dos Estados Unidos.

E isso para as empresas chinesas não é mero acaso, afinal somos uma potência na América Latina.

Tanto em tamanho quanto economicamente.

Por isso empresas como a Ant Financial (braço financeiro da Alibaba) tem interesse em vir para o Brasil, a AliExpress (braço “ocidental da Alibaba”), sem muito esforço, já se tornou o terceiro maior e-commerce onde os brasileiros compram.

Eles estão vendo que as apostas feitas no Brasil estão prosperando.

Talvez seja o momento da sua empresa aprender com eles e – por que não? – fazer parcerias de negócios tão lucrativas quanto

Além dessas 3 lições de mudança de mindset que acabamos de fornecer, temos muitas outras que também queremos te mostrar…

Algumas ensinadas inclusive por profissionais do mercado chinês.

Eles te mostrarão de uma maneira prática os segredos e detalhes de mercado que praticamente nenhuma empresa brasileira tem acesso se não estiver diariamente na China, vivenciando e negociando com esse mercado.

Mas só poderemos falar mais sobre esse conteúdo se você estiver realmente disposto e comprometido a aprender mais sobre NEGÓCIOS CHINESES.

Essas 3 lições já te ajudarão a posicionar sua empresa de uma forma diferente daqui pra frente. E você já pode aplicá-las agora mesmo se quiser…

Entretanto…

Se você quer saber mais…

Ter mais lições e dicas práticas…

Sobre como as empresas e o mercado chinês se comportam…

Para começar a ser um Dragão Dentro do Seu Próprio Mercado

Ou até mesmo fazer parcerias com empresas chinesas de forma muito mais rápida e aproveitando apenas AS MELHORES OPORTUNIDADES de encantar e chamar a atenção das melhores empresas e executivos deste mercado absoluto…

AGUARDE NOSSO PRÓXIMO E-MAIL AMANHÃ DE MANHÃ! Nós vamos te explicar com detalhes como você poderá “tomar um banho de negócios” e fazer o melhor NEGÓCIO DA CHINA na sua vida.

Você não perde por esperar. Abra nosso e-mail amanhã e enquanto isso comente suas percepções sobre a nossa série especial de #3 Lições.