15,7 milhões de brasileiros não terão mais empregos - e estão felizes com isso...

Empresas estão preocupadas porque milhões de pessoas descobriramuma forma de  não trabalharem mais  – e muitas delas não querem que você saiba disso de jeito nenhum

Há 5 anos mais ou menos, um movimento estranho está acontecendo com várias empresas do Brasil. Pessoas saindo de empregos tradicionais para empreenderem por conta própria.

No começo, deram até um nome para isso: empreendedorismo por necessidade. As pessoas perdiam o emprego abriam negócios como um Plano B.

Fonte: G1

Só que algo diferente está acontecendo:

  • Muitas delas não querem voltar para empregos tradicionais; e
Fonte: PEGN
Fonte: Valor Econômico
  • Um número de quase 15,7 milhões de jovens estão atrás de informações para abrir seus negócios. Pulando a etapa do “emprego tradicional”.
Fonte: JC Online
Fonte: PEGN

A maioria das pessoas está infeliz com seus empregos. Não aceitam mais modelos antigos de gestão e negócios como “o jeito certo”. E muitas não se sentem parte das empresas onde trabalham.

O perfil dos novos empreendedores é jovem (18 a 34 anos), e como eles estão enxergando um novo jeito de se trabalhar e criar um negócio, não voltam para o modelo antigo porque acharam um propósito no que fazem.

Fonte: Jornal Extra

E o lado bom (mas preocupante para muitas empresas): o número de profissionais mais experientes do mercado também perceberam que trabalhar por propósito é muito melhor que os empregos chatos e repetitivos de antes.

Fonte: Época Negócios

Essa realidade pode aumentar graças a 3 fatores que não existiam antes:

  • Você consegue trabalhar de qualquer lugar do mundo se você tiver internet e um notebook;
  • Tecnologias como big data, compartilhamento em nuvem, criação de sites e tantas outras estão aí, disponíveis. Ninguém precisa entender de programação para usá-las; e
  • O governo está se movimentando para facilitar abertura e fechamento de empresas em no máximo 30 dias, algo muito burocrático até então.
Fonte: Portal da Indústria

Tudo isso estimula milhares de pessoas que têm ideias ótimas no papel, a finalmente colocá-las em prática.

Mas qual o jeito mais rápido e eficiente de abrir um negócio em 2019?

Quem tem um CNPJ hoje em dia sabe os desafios de manter uma empresa saudável.

  • A ideia que eu tenho para abrir negócio é realmente lucrativa?
  • Como saber se o produto/serviço que eu tenho é bom mesmo?
  • Como eu posso aumentar meu número de clientes e mantê-los fiéis?
  • Eu consigo captar investimento de terceiros para crescer depois?

Se eu puder te dar uma dica para empreender de forma mais fácil e rápida neste ano, seria essa: empreenda como uma startup!

Saber isso é a chave de você começar um negócio hoje de um jeito que 99% das grandes empresas não conhecem.

Elas estão “presas” a estruturas grandes e caras, contratam pessoas da mesma forma há mais de 50 anos e acham que essas pequenas empresas são “passageiras” ou “nanicas” demais para ameaçá-las.

  • A Blockbuster achou isso quando a Netflix surgiu;
  • A Nokia achou isso quando a Apple apareceu com o iPhone;
  • Grandes Shoppings achavam isso até a Amazon aparecer.

As consequências você provavelmente conhece:

  • a Blockbuster faliu;
Fonte: Link Estadão
  • a Nokia que dominava o mercado de smartphones hoje é apenas uma lembrança;
Fonte: O Globo
  • e os shoppings centers passam pela maior crise em 50 anos e muitas fecham as portas rápido demais para sentirmos falta delas.
Fonte: Infomoney

Por que Startups, afinal?

Muitos acham que startups são um tipo de negócio, onde as pessoas trabalham de bermuda, tomam cafezinho, botam um monte de post-its em um quadro e pensam em coisas geniais.

Mas startup é uma forma de pensar diferente. As cinco empresas mais valiosas do mundo hoje possuem o modelo startup de negócio.

Você pode pensar startup, empreender startup, ter um produto ou serviço startup.

Se você abrir seu celular agora e ver todos os aplicativos e serviços que você mais gosta de usar (Netflix, Whatsapp, Instagram, iFood, Amazon, até o celular que você usa), são de empresas com o jeito startup de empreender.

Não são novos tipos de empresas. É um jeito novo, mais veloz e dinâmico de criar negócios, produtos e mudar completamente o mindset de gestão dentro de uma companhia.

  • Você pode testar e validar produtos rapidamente, sem gastar muito;
  • Consegue ter times enxutos e sua empresa performar muito mais;
  • Não precisa gastar dinheiro com espaços físicos para sua empresa alcançar mais clientes;
  • E o melhor de tudo: as chances de você criar algo que dê certo são mais altas porque você vai criar com o cliente, e não para o cliente.

Se você ainda não sabe como, mas quer fazer isso no seu negócio. Tem uma ideia ótima para abrir uma empresa e quer que ela tenha o DNA startup dentro dela.

Ou simplesmente quer se livrar do modelo tradicional que te aprisiona das 9h às 17h; conseguir mais autonomia no trabalho; ter um propósito que te motive diariamente para você ter mais tempo com a família, amigos e transformar um simples trabalho em algo maior e prazeroso na sua vida.

Existe um jeito de aprender o passo a passo de todo o processo para você estruturar seu negócio ao modelo startup ou até mesmo tirar sua ideia do papel e começar do absoluto zero.

A StartSe é a maior empresa de educação continuada e mentalidade startup do Brasil. Fomos responsáveis por educar e preparar mais de 4 mil empreendedores diretos para reinventarem e criarem suas próprias empresas.

Levamos mais de 1.500 brasileiros diretamente para o Vale do Silício, na Califórnia, para a China e outros 6 pólos de inovação mundiais para eles trazerem pro seus negócios aqui no Brasil inovações de ponta e novos modelos de negócio que surgem por lá.

Mas queremos levar esse modelo de negócio, ainda desconhecido pela maior parte dos empresários e empreendedores do Brasil, ao maior número possível de pessoas.

Por isso pedimos ao nosso Head de Inovação, Cristiano Kruel, responsável por ensinar empresas tradicionais a reinventarem seus negócios com o DNA Startup, preparar uma aula especial gratuita.

Onde ele mostra o passo a passo de como você mudar seu mindset para pensar e agir como uma startup. E como levar o DNA delas para o seu negócio, sua vida e sua carreira também.

Kruel chama essa ciência de gestão de Empreendedorismo de Alto Impacto. E você verá logo nos primeiros minutos de aula o porque esse é o jeito mais fácil, rápido e seguro de qualquer pessoa (tenha ela uma empresa ou não) empreender como uma startup em 2019.

Quem não for capaz de se reinventar constantemente e de desenvolver novas habilidades infelizmente ficará para trás nessa corrida.

A aula para aprender o modelo de Empreendedorismo de Alto Impacto que as Startups usam possui um conteúdo que qualquer pessoa pode entender e aplicar imediatamente no seu negócio e é 100% gratuita.

Já temos mais de 5.147 empresas com DNA de startup funcionando no Brasil. O número das que ultrapassam 1 bilhão de dólares em valor de mercado está aumentando.

Fonte: Exame

Quais métodos e estratégias elas podem te ensinar para você também participar dessas mudanças e ter uma empresa melhor e totalmente em 2019?

Descubra e aprenda a usar cada uma delas clicando aqui.

A maioria dos alunos começa a aplicar o método já nos primeiros dias, de tão simples que é…

Você ainda verá cases de empresas reais que adotam esse método e reinventaram seus negócios.

Agora você tem a chance de ser uma delas também e ter um 2019 muito mais feliz e ainda com rentabilidade.